Eu não sou Feminista!

Antes de saber todas as causas que o movimento feminista defendia, eu achava que era, mas através de um vídeo, vi que existe UMA que não sou a favor. E essa em questão vai contra meus princípios, então por esse motivo acho que não sou feminista!

Causas que defendo: Eu sou a favor da proteção de mulheres e garotas contra o assédio sexual, violência doméstica,  estupro, pelos direitos trabalhistas, salários iguais, entre outros…

paloma sarti nao e feminista

Causa que sou contra: O aborto. Tá, não sei em questão a violência sexual “estupro” mas teve uma freira que foi violentada e resolveu ter a filha (lêem aqui) então porque não? Mas no caso de irresponsabilidade eu sou contra, e não vem falar para mim que antes de 3 meses não é considerado uma criança por não estar formada, que isso para mim é algo que alguém disse para amenizar a consciência pesada, afinal todos nós passamos por essa fase para nos desenvolver não é mesmo? Então o feto é uma vida sim, e pronto! Ah e caso vocês queiram ver como um aborto é feito click aqui!

Então é isso pessoal esse foi apenas um desabafo. Beijos e Até…

Anúncios

10 thoughts on “Eu não sou Feminista!

  1. Brenda C.

    Ser feminista é, de um modo geral, defender a igualdade entre homens e mulheres. Compreendo o seu ponto de vista, mas ser feminista não se trata só do aborto, por isso ainda o pode ser sem que isso implique que seja a favor de todas as ideias 🙂 Lá porque se encontra uma coisa da qual se discorda não significa que temos que recusar todo o conceito xD Até porque dizer “Não sou feminista” é como dar o alerta para “Não sou a favor da igualdade entre os sexos. Acho que homem é melhor que a mulher, etc etc” E pelo que pareceu não é isso que quer dizer xD

    Só quis esclarecer isso, espero que não me interprete mal 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    • Paloma Sarti

      Oi Brenda! Então eu coloquei que não sou só para dar uma certa ênfase ao título, mas sim eu apoio a maioria das causas! Mas acho que como não apoio uma das causas, não posso me considerar feminista, afinal não dar para ser meio feminista, mas respeito e entendo. Obrigada pelo comentário e pode deixar que não interpretei mal. Bjos

      Curtir

  2. Fiama Souza

    Oi! Li o seu post e pelo pouco que conheço do feminismo, considero mais importante do que se rotular feminista ou não, dizer que é a favor disso, mas contra aquilo.. é o respeito.
    Respeitar as mulheres, respeitar as meninas, respeitar o ser humano, respeitar as opiniões diferentes, respeitar as escolhas, respeitar o amor…
    Não fique preocupa em ser ou não feminista!
    Pregue o respeito, porque o resto é só rótulo!
    beijos

    Curtido por 1 pessoa

    • Paloma Sarti

      Oi Fiama 😊!!! Sim eu respeito e muito, afinal sou mulher! Só quis expor minha opinião sobre o assunto, vejo tantos blogs falando sobre o movimento, que quis falar meu ponto de vista!!! Mas mesmo assim obrigado por expor o seu aqui no blog. Respeito sempre!!! Bjos

      Curtido por 1 pessoa

  3. Ana Mastrochirico

    O aborto é um tema muitooo polêmico..mas acima de ser a favor ou contra ou de ser feminista ou não acho que temos que respeitar a liberdade do outro. Então, também prefiro não me rotular e vc está certa de fazer o mesmo. Cada um com suas crenças e cada um com suas escolhas e viva a liberdade!

    bjo bjo lindona! :*

    garimpomag.com.br

    Curtido por 1 pessoa

    • Paloma Sarti

      Sim Ana, concordo plenamente com você!!! Tive um pouco de receio em escrever esse post pois as feminista estão muito opressoras ultimamente mais parece que todas as mulheres precisam apoiar o movimento!!! Mas não é assim, temos livre arbítrio … Obrigada pela sua opinião. Bjos

      Curtir

  4. J e s s (@criativocaos)

    Olá Paloma 🙂 primeira vez no seu blog!

    não enxergo um único “movimento feminista”, mas sim vários movimentos que constroem o feminismo, e várias causas a partir disso, o que por consequência, possuí várias visões. Acredito que é importante citar isso, porque ser feminista é acreditar e defender simplesmente a equidade entre gêneros. Simples assim. Tão simples que parece banal.

    A partir dessa visão nos movemos por ela. E pode apoiar e fazer partes de várias causas, onde o aborto é uma delas. O aborto é uma questão que não fere somente a equidade entre gêneros, mas o direito à vida, e por isso é tão controverso. Conheço muitas feministas que são contra o aborto, isso é perfeitamente aceitável. Ser conta o aborto não é uma atitude sexista, mas sim uma posição em defesa da vida de um terceiro ser diante de uma situação vulnerável. Portanto, o feminismo não implica na defesa do aborto.

    Quando você diz que não é feminista, o que podemos presumir é que você acredita que existam desigualdades entre gêneros e que isso é aceitável e natural. E ok, se for isso que você pensa. Mas como ao longo da sua argumentação me pareceu que você pensa o contrário, não creio que você não seja feminista. Só penso que você não quer aceitar coisas que parecem estar sendo impostas.

    eu concordo com você, que atualmente o feminismo tem se colocado como um tema destaque de forma bastante incisiva e isso pode ser assustador. Todo movimento construído por pessoas tem seus extremos e está passível a aparecer de forma autoritária. Mas é muito importante que a gente saiba diferenciar as posições particulares do que realmente aquela ideia significa. Assim conseguimos ter uma visão mais completa do mesmo.

    Eu acredito no feminismo como uma coisa importante para construirmos um mundo melhor. Mas acho que até lá tem muito chão a ser percorrido e precisamos amadurecer muito. Faz parte de todo processo. E se não concordamos com algo, isso não faz ninguém menos feminista. O mundo não é blocado, uma ideia não é um pacote onde se aceita tudo ou não se aceita nada. E se você simplesmente concorda que deve existir equidade entre gêneros, você já é uma feminista, mesmo que não queria ser chamada dessa forma 😉

    abraços e espero voltar mais vezes.

    Curtir

    • Paloma Sarti

      Oi Jess, que bom que veio visitar o blog! Então pelo seu ponto de vista concordo plenamente, pena que outras pessoas não pensam igual a você.
      Quando procurei saber sobre o feminismo a maioria dos “resultados de pesquisa” era dado ao extremo, mais parecia que, se não defende-se todas as causas impostas, não se podia qualificar como Feminista, então por isso me posicionei dessa forma. Mas já que disse que posso ser, mesmo não pensando totalmente igual. Sou então.
      Muito obrigada por me explicar melhor e também entender meu lado. Bjos e volte sempre!!!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s